quarta-feira, 30 de junho de 2010

o tempo errou

Nós dois sorrindo, tão juntos que tudo até parecia perder o sentido, e nas nossas mentes um oceano de palavras, e um deserto de silêncio, que só um beijo iria quebrar, a vida é curta, e pra piorar as coisas só vivemos uma, então vamos aproveitar em quanto temos tempo, somos tão jovens, vamos viver o nosso momento, me de a mão, vamos fugir daqui, nós dos correndo morrendo de rir, dane-se o mundo ao nosso redor, vamos de encontro ao nada, correndo pela estrada...
Vem comigo, já não importa futuro ou passado, o que nos resta é o aqui e o agora, e o que os outros pensam nós jogamos fora, tudo é perfeito num dia claro, no momento raro, é assim que sempre seja assim e que não se acaba nunca e não mude jamais...
Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou, mas ainda sei que tenho muito tempo, temos todo tempo do mundo, todos os dias antes de ir dormir lembro e esqueço de como foi o meu dia, sempre em frente pois não temos tempo a perder, veja o sol dessa manhã tão cinza, a tempestade que chega é da cor dos seus lindos olhos cor de mel, então esquece de tudo e me abraça forte e diz mais uma vez que estamos distantes de tudo, porque temos o nosso proprio tempo, o que foi escondido é o que escondeu, e o que foi prometido, ninguem prometeu...
E de tarde eu quero descançar, esquecer de tudo que eu ja passei, mas ao mesmo tempo lembrar de tudo que já passamos juntos, das tardes, dos dias, das noites, de tudo, então esqueço de tudo, quero ir até a praia e ver se o vento ainda está forte, vai ser bom subir nas pedras, nas mesmas pedras que demos o nosso primeiro beijo, mesmo assim eu sei que faço isso pra esquecer, eu vou deixando a onda me acertar, e o vento vai levando tudo embora.
Agora está tudo tão distante, tudo tão longe, ver a linha do horizonte me distrai, e é dos nossos planos que tenho mais saudades, de quando olhavamos juntos na mesma direção, aonde está você agora, alem de aqui dentro de mim?
Eu sei que agimos certo sem querer, foi só o tempo que errou, vai ser dificil sem você, porque você está o tempo todo comigo, e quando eu vejo o mar existe algo que diz que a vida continua e se entregar é uma bobagem, já que você não está aqui, o quê posso fazer? Cuidar de mim, esquecer você, quero ao menos ser feliz.

Lembra que o plano era ficarmos bem?

domingo, 27 de junho de 2010

você ganhou

Caiu a noite tão depressa, e eu ali esperando a musica parar, era uma noite dessas, e eu pensando porque eu fui te encontrar, flores atiradas na calçada, um adeus sofrido e mais nada, seja como for, se hoje eu não te tenho mais, ter tudo não me satisfaz. e se eu não fui bom nisso, se eu não soube te fazer feliz, você foi um vicio, levou a minha paz
E no final da festa, teu olho castanho claro não mentia mais, e o que me resta? É ir embora, uma historia muito mal contada, pagina virada, aonde foi que eu encontrei você?
Não sei o que eu vou te dizer, admito, sozinho é dificil crescer, quem agora eu vou chamar? Espero que você entenda, que eu não tenho aonde chegar.
Como eu vou esquecer? Se você não se importa mais com tudo que me faz viver, com tudo que me faz acreditar? Como você se perdeu, se é tão facil de imaginar tudo aquilo que me faz crescer e sonhar?
Cansei de me arrepender, eu tento enchergar, e hoje como vai você? Tão longe de me ver lutar eu não tenho como chegar.
Quando eu vou te pedir perdão, por não ter te encontrado? Como estava tão sozinha ao meu lado, na mesma direção o que é viver em vão por não ter conquistado você.
Eu sempre acreditei mais em mim do que em você, se for melhor no fim desculpe se eu não soube te entender, é facil te dizer estando longe de você, eu ja sei que me falta isso aqui, mais desculpe se eu não sei porque.
Acendo um cigarro, olho para o lado você, em meio a tanta gente sem saber se quer o porque, do lado uma cidade tão sem graça e sem nada pra fazer, procuro o fim do mundo em um segundo pra tentar te esquecer, o dia tá escuro e eu procuro um meio de te dizer, que a vida tá cansada desse jogo de perder, o tempo disso tudo já passou, procuro no escuro uma maneira de tentar te entender.
Você ganhou. Por muito tempo que eu fiz não valeu nada, eu não tenho mais medo de você, você nunca teve medo de mim, e sentando longe de você eu vou ficar até o fim, eu disse TUDO pra valer, mais você não me disse nada.
E diz que não dá bola, mais quando eu tento você tem medo de ceder, acha que entendia e não queria mais saber te entender, olhou para o meu olho, e disse que aquilo que eu sabia que era pra esquecer.
Então, eu esqueci.

sábado, 26 de junho de 2010

tudo mudar!

A vida gasta em você? Te faz de pano de chão? Fica tranquilo, porque NADA é em vão, e o que se tem a fazer? É relaxa e beber, trocar uma ideia com os amigos...
Tá na hora desse mundo mudar, de garotas pararem de se apaixonar por colirios analfabetos, que não tem nada pra falar, apenas uma franja e um gosto musical um quanto duvidoso, ta na hora das coisas voltarem ao normal, quando todos vocês vão perceber que ser/gostar de colirios é uma coisa futil?
Tá na hora de não so querer ficar com uma pessoas porque ela é famosa, ou apenas bonita, vamos conhecer as ideias, vamos conversar, discutir, debater, qualquer coisa que nos faça aprender algo de valioso, e não ser apenas uma "ficada"
E você? Se acha malandro pra me julgar? Olha o teu rabo antes de vim me esculachar, desocupado, invejoso, futel, é o que tu é, e ve se me esquece e vai pegar uma mulher.
FODA-SE você, e FODA-SE o que eu faço, ou o que eu deixo de fazer, e ve se cala tua boca se não tem nada o que dizer.
Ninguem é melhor que ninguem, se na tua lista vip só tem segregação, e todos vocês fazem da vida uma grande figuração, então fiquem sozinhos com suas baixas atividades cerebrais, talvez um dia vocês entendem o que é real.
Tá na hora de abrirmos a mente, entenda, ninguem é melhor que ninguem, vamos clariar nossas ideias, dai eu vou provar pra vocês que o mundo tá todo errado, e o que o acaso nos dá, destino nenhum vai tirar, eu sei que eu não sou perfeito, sei que sou mais um em 1 milhão, mas tenho muito a dizer, e você? O que se tem em mente? Se é que tem algo em mente. Sinceramente, não é minha culpa se a vida é uma ilusão.
Hipocrisia, e falsidade, os seus valores são dinheiro e poder, se ser adulto é desse jeito, então desculpe eu nunca mais quero crescer
Agora pare de ouvir/seguir a moda, mostre que você tem sede de mudança, mostre os seus talentos, mostre o seu verdadeiro eu, e diga foda-se para o que os outros pensam, se eu cheguei aqui eu não vou desistir.

Tá na hora de acordar, né mundo?

quinta-feira, 24 de junho de 2010

vamos fazer barulho!

Eu tenho algo a dizer, e explicar pra você, eu disse!
Vai, começou, um 2 é um 2, isso não é um teste, eu prefiro dizer do que ser interpretado mal, vamos fazer barulho! Eu ando fazendo, e me admiro muito! Tá na hora de você soltar tudo o que tem pra falar, para todos, para seus amigos, para seus pais, para a pessoa que você ama, ACORDA! tá na hora de fazer barulho, dar nossa opinião sobre tudo e todos, hora da gente decidir o que vai querer desse país, ta na hora de termos bons representantes, de lutar pela liberdade, lutar por igualdade social/racial, hora de ver essa coisa mudar, o mundo tá todo errado, polêmico? Não, provocador por natureza! O jogo é nosso, então coloca as cartas na mesa, agente não é só um numero, não tiro o pé, não corro da dividida, deve ter eu acho um proposito pra essa vida, vamos honrar a nossa familia, vai, vamos sair do muro, bota cara e vamos fazer barulho, deixa a vida te levar, vamos tocar o terror, não posso, não me acomodo, quero cumprir minha missão, quero ter uma familia, um amor que venha sem dó, sem piedade, quer conforto tambem? Levanta, vai tralhar que ai uma hora vem, se adianta, sacode, vamos fazer barulho, o bonde passa, a bola rola e não dá pra parar, se tu é correto e trabalha uma hora vem, a cabeça certa pra quem corre pro lado do bem, os meus caminhos são abertos, não tem pra ninguem, agora imagine só, você falar o fim da repressão, falar de maconha e liberdade de expressão, imagine como seria esse mundo diferente, do jeito em que agente quer, juventude perdida é o CARALHO!
Andam dizendo que o bem vence o mal, por aqui vou vivendo ate chegar o final, quanto mais fé, mais religião, deixa pra lá, eu devo tá viajando, enquanto eu falo besteira nego vai se matando.





VAMOS FAZER BARULHO!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

hora de voar

Sexta anoite, tá na hora de acordar, outro dia em algum lugar a luz negra que brilha que deixa o coração no ar, hora de voar, não vai parar ela vai se jogar, e o mundo é mais feliz, enquanto ela dança e ri, igual uma criança diz que sempre foi sim, e a festa não tem fim...
Outra noite, outra dimensão, o que é novo vira tentação, cada uma dose uma sensação, e a sombra da vertigem volta a escondar o chão, hora de voar denovo, hora de ir para um outro lugar, esquecer de tudo e de todos.
O que eu queria, eu consegui esquecer, mais são tantas historias que ela não contou, são tantas memorias que o tempo apagou, viram versos, poemas, frases de amor.
Pode parecer que não tentamos o bastante, mas tente me entender, não é facil ir adiante, nem tão facil estar aqui, então agora é minha vez de escolher o caminho certo.
Quem vai ser o primeiro a falar o que os olhos gritam com frieza? Pensamentos que ninguem quer ter, e toda paz se vai em um segundo, e até aonde a vista vai, só se avista a nossa tristeza, e você se lembra de quando juramos fugir? Nossos mapas tinham o mesmo norte, nosso norte tinha os mesmos nomes, nossos nomes tinham a mesma sorte, mas a nossa estrada quis um fim, nossos passos ficam apagados, somos a sessão que ja passou, a imagem de um futuro passado...
Mas tudo passa, como isso vai passar, não agora, más um dia eu acredito que um dia tudo isso vai acabar, e isso vai acontecer quando eu voar para um lugar que eu possa ver estrelas no céu.
Já voei, voei, voei, mas saiba, que pra onde você voar, eu vou na mesma direção, vou pra onde for você for, vivo pra não viver em vão.
Ok, tudo mal, nada igual, se tudo anda a frente, até o presente pra traz ficou, eu andava tão ausente, e pensava diferente de tudo que um dia eu sonhei, mas agora só posso dizer até mais, porque o dia não te esperou, e o que importa agora, se todos foram embora? Só você restou, nunca mais, a vida não te perdoou, o tempo passa agora, chove lá fora, agora é hora de partir, tente me entender, nada é facil, você fez suas escolhas...
Escolhas, escolhas, a vida é feita delas né?



Os anjos estão vindo apagar tudo o que eu sinto por você.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

tire suas mãos de mim

Eu não pertenço mais a você.
Se assim que tudo deve acabar, vou procurar seguir em frente, sem me preucupar, nós ja sabemos onde erramos, não a mais nada o que fazer, só temos que esperar o tempo mudar, parece que não faz muito tempo, mais os dias são sem fim, e as noites minha certeza de que não irei durmir, hoje eu rasgo as suas cartas, olho suas fotos pela ultima vez, faço mais promessas pra esquecer você, talvez fosse melhor eu desistir, nem sei ao certo o que mais posso perder, só tenho suas lembranças pra guardar em mim, meu pensamento está sempre em você, eu te prendo junto a mim, pra você nunca partir, sei que estou tornando tudo mais dificil, é, eu sei que eu devia aceitar quando você diz adeus, mais me recuso a deixar você partir, não vá, mesmo eu já sabendo que te perdi, voce ainda não percebeu que ainda estamos junto nessa, e pra sempre? Pelo menos é o que eu gosto de pensar, sem você eu sou pior cada vez mais, talvez em mim você encontre a sua paz, mais eu ja cansei de tentar me aproximar de você, ja perdi tudo o que eu tinha, por você, e doi demais eu ver, que eu não fui nada pra você, quero deixar tudo isso no meu passado, que tudo isso mora lá, junto com todos os meus sentimentos por você, só eu sei, o quanto é dificil aceitar, eu ja tentei mais não consigo acreditar no que você me diz, que tudo um dia tem um fim, e o acaba? Vai viver pra sempre em mim? Eu sei, um dia apos o outro, eu fico bem mesmo sem ter motivo, nada vai ser igual como agente a quer, o impossivel vai ser, sempre a minha opção, cansei de acreditar que você ia estar pra sempre aqui.
E quantas vezes eu tentei pensar num modo de poder voltar e ti dizer, o que eu nunca fui capaz, que eu vivo e morro por você, e que sua falta vai viver pra sempre em mim.


você já não faz parte do meu coração, ele se foi, junto com você.

domingo, 20 de junho de 2010

um final esperado

Nada mal, tudo igual, agora eu posso ver uma luz, lá no fim, mas vou correr atrás dela com todas as minhas forças, cansei de viver na escuridão da sua vida.
Agora eu vou falar por mim, vou ter minhas proprias vontades, vou sair quando quiser, vou beber quando quiser, vou ficar com quem eu quiser, entenda, já não te quero mal, eu só deixei foi de querer você.
Sempre me diziam "vai chegar um dia que a verdade vai surgir.", de fato, realmente chegou, mas essa verdade eu já sabia a muito tempo, só não queria aceitar, mas é melhor assim, cada um no seu lugar, tava mais do que na hora de você decidir se queria ficar ou ir embora, e você fez sua escolha, a mesma escolha, SEMPRE.
Mesmo se você errou, ou eu errei, acabou, acaba aqui todas as maguas e sentimentos que eu guardo de você, e agora não vou guarda-los, vou joga-los fora, para nunca mais voltar a sofrer.
Agora que eu entendi, é só o vento lá fora...

sábado, 19 de junho de 2010

o meu fim é você

As vezes eu me pego pensando em você, em todos os momentos que agente já presenciou, das risadas, das pausas quando acaba o assunto, das conversas maravilhosas, de tudo que era com você.
Mais logo vejo que tudo isso acabou, que tudo isso não existe mais, que agora são só lembranças, que vão me assombrar pro resto da minha vida.
Eu sempre pensei que tinha superado, mais eu finalmente percebi que eu ainda não aprendi a viver sem você, eu já não sinto vontade de sair, não sinto vontade de conhecer ninguem, de ficar com ninguem, eu só quero ficar olhando as nossas fotos, as nossas cartas, os nossos videos, as nossas conversas, tudo que envolve você, eu procuro, eu faço de tudo pra sonhar com você denovo.
Isso tá acabando comigo, eu estou morrendo por dentro, pouco a pouco, sem se quer perceber, eu espero pelo seu telefona todos os dias, anciosamente eu fico observando o telefone aguardando ele tocar, eu vejo você em todos os rostos, eu ouço tua voz em todo lugar, eu já tentei fugir de você, mais em todos os cantos que eu me escondo eu te encontro lá, eu tentei te achar em outras pessoas, mais eu não vejo nada, não vejo nada, a unica coisa que eu sei é que eu preciso te por ou te tirar de vez da minha vida.
Eu preciso te provar que o mundo tá todo errado, e o que o acaso nos dá, destino NENHUM vai tirar, se voce pelo menos percebesse o tamanho do meu amor, ta na nossa hora, o fim tá quase chegando, e só nos resta morrer abraçados, então vem cá, me abraça forte, e diz que ainda existe um nós.
Lembra de quando juramos fugir?

Tá na hora de voar.

A vida do meu jeito (Parte 2) - Meu Conselheiro.

Não me lembro ao certo quando te conheci, mais a primeira imagem que me vêm a cabeça, é de nós indo para uma balada no forte, no ano novo, dali começou toda essa amizade...
No começo, eu te achei um pouco estranho, claro, você tambem deve ter achado a mesma coisa de mim, mais não demorou muito para começarmos a nos entender, começamos a sempre andar juntos, e tudo mais, porem eu ainda não tinha confiança em você, até que você foi comigo naquele lugar, e eu fiquei nervoso lá, e então você começou a me dar conselhos, conselhos no qual, TODOS faziam sentido, e no qual eu comecei a seguir, não todos, mais a maioria...
Depois que eu superei essa fase, agente não tinha mais com que se preucupar, nos divertiamos muito, com pouco, ou muitas vezes nada haha.
Horas de conversa sem fim, nos sofás da sua casa, que eu guardo BONS momentos, pode ser que não faça sentido nenhum para ninguem, mais para nós, pode fazer muito sentido, só por estar com você lá, conversando, muitas vezes discutindo, mas discussões que nos faria aprender algo, bom david, ou p.a, ou negrinho, não sei mais como te chamar, mais sei que esses quase 7 meses de amizade me fizeram aprender e crescer muito, tudo graças a você!
E sinceramente, aprendi a não ligar para que os outros pensam, aprendi que o que importa é o que as pessoas que nós gostamos pensam, ou seja, viva sua vida sem se preucupar com ninguem, foi uma das liçoes mais preciosas que eu aprendi com você, e eu agradeço por tudo, de coração, espero que nossas aventuras nunca acabem, alias, temos muitos que viver ainda né?
eu te amo seu negro!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

novembro ainda me lembro...

Era fim de ano, você não era a mesma, eu comecei a entender isso, a vida era dificil, mais se estivessemos juntos tudo ficava melhor, algumas brigas, não, muitas brigas, mais isso é normal, quando se quer alguem, como eu quis você, algumas semanas depois tudo foi pro alto, eu encontrava a compania num copo de bebida, cigarros ou outra droga qualquer, já que eu nao tinha mais você.
A vida continuava dificil, mais agora sem você, mais eu encarava como ninguem, e eu comecei abrir o meu caminho pra casa, não foi tão facil, nos primeiros dias eu me perdia nos meus passos sem você, eu não sabia o que fazer,  as vezes eu te encontrava nas esquinas, eu tentava dizer algo, mais você sempre dava risada, mais tudo acabou bem...
E agora, quase 9 meses depois, eu consigo entender, o dia tem que continuar, fosse com ou sem você, eu não sei como cheguei aqui, mais sabe, eu estou feliz, a sua falta quase me matou, e hoje? Eu tenho quase o que eu sempre quis.


novembro, novembro...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

tudo que esconde os nossos finais.

Já parou pra pensar nas coisas que você faz por outra pessoa?
Ultimamente eu ando pensando muito sobre isso, num passado não tão distante eu fiz tantas coisas por uma garota, que ninguem pode imaginar, mas porque?
Eu sinceramente nunca soube de fato o que sentia por ela, só sabia que era muito forte, e viciante, eu nunca queria deixar aquilo, más não era assim, tão facil, alias, nós nunca fomos simples de se entender, tanto eu, como você, talvez disputavamos quem era mais orgulhoso, ou mais forte nas horas das brigas, e por algum acaso, eu sempre cedi, eu nunca conseguia ficar longe por muito tempo...
Poucas foram as chances da gente ficar junto, e nessas poucas vezes, eu sempre errava nas minhas escolhas, e sempre depois eu pensava "será que esse é o fim?", não, não foram uma, nem duas vezes que eu pensei que tinha chegado ao final, você sempre me dava uma chance, nunca explicita, mais eu ainda acho que tudo vai ficar melhor um dia, quando as nuvens e temporais pararem de esconder os nossos finais.


O plano não era ficarmos bem?

terça-feira, 15 de junho de 2010

A vida do meu jeito (Parte 1) - Meu Paraiso Singular.

Decidi contar um pouco da minha vida e das coisas que eu vejo, vão ser alguns posts por semana, vai ter videos, historias, depoimentos de amigos, etc
espero que gostem (:


Nas horas que passamos juntos, horas no nosso 'sofá', tudo aquilo foi descobrindo mundos que ninguem pisou, mais tudo passa, tome cuidado, porque eu posso até fugir, ninguem pode nos ouvir.
Felicidade ao falar com você, ao estar com amigos, e que amigos!
Muitos, diversos amigos, de todos os tipos, brancos, negros, pequenos, altos, fortes, fracos, chatos, legais, mais apenas 6 se destacam entre eles, todos são diferentes, todos deixam sua marca de alguma forma, tem um que vive ná brisa do lutador, outro que só quer ficar sentado, outro que me da conselhos, outro que só fala uma frase, 'ooo, vai chupar um pinto!', tem outro que é viciado em ragnarok, outro que é mc...
É quase uma familia, todos unidos, todos com mentes diferentes, mais com um só pensamento. "Paz, Amor, Vinho, minha Erva e meus Amigos!".
Claro, como toda familia, tem suas brigas, discussoes, mais nada que não acabe ali, na mesma hora.
Mais eu me lembro de mais momentos felizes do que triste, momentos inesqueciveis, horas de risadas, varios assuntos, tanta coisa boa reunida ali, entre 6 moleques que gostam de rock, reggae, hip-hop.
Rolês muito bons, qualquer rolê, ir pra pista da ocian, tomar cerveja na praia as 7 horas da manhã em plena segunda feira, ou ir para um show de rock, não era o lugar, era aquela vibe que deixava tudo muito bom, tudo perfeito!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

o medo

É um dos sentimentos com que eu mais convivi.
Medo de te perder, medo de ter você, medo de querer me apaixonar, ou pior, medo de me apaixonar por você.
O medo revela a real forma do ser humano, quando se tem medo, você pode ser a pessoa mais forte do mundo, não vai adiantar, você pode ter medo de tudo, monstros, insetos, até de filmes de terror, mais o meu medo, não envolvia nada disso, o meu medo apenas envolvia eu e você, o meu medo era de te fazer sofrer, ou não te fazer sorrir o suficiente, e o seu medo? Seu medo era uma coisa tão babaca, mais eu acho que eu venci o seu medo, só você não quis aceitar isso, não quis aceitar que alguem conseguiu te vencer, e sempre se mostrou forte, mais do que adianta ser forte por fora, quando por dentro você está caindo aos pedaços?
Me diga, agora, enquanto eu estou aqui, todos os seus problemas, faz tanto frio, e estou ali fora, e você ainda não me deixa entrar, conte todos os seus segredos mais profundos, me diga sem medo, enquanto ainda eu quero ouvir, me convença a desistir, tente ao menos me mostrar, a razão para ficar aqui, se você ainda não percebeu, somos dois menos você, somos um só sem saber, e será que agora que eu não ouço mais as velhas novidades da sua vida? Será que agora eu não quero mais encontrar em você a minha saida?
Tanta demora me faz pensar em desistir, quando o inverno chegar, e o coração congelar, quem sabe o motivo é viver, se ao menos você parasse de resistir, eu não queria ser o que eu sou pra ti, queria mudar, e enxergar outra pessoa do meu lado, eu quero falar, mais não encontro a quem ouvir.
Tudo isso por que eu quis terminar antes do começo.
Me deixa tentar, em ti me esconder? Pra me libertar, e poder viver...
A vida lá fora, aonde tudo é real, aonde eu te encontrei, antes de tudo parecer o fim.
Me deixe sonhar, e sempre dizer, pra ter que encarar, e nunca perder...você.

você não me disse que tudo seria mais facil?

domingo, 13 de junho de 2010

Os Pensamentos Que Me Empurram Para Trás

Esse silêncio que não quer calar jamais?
E todo o resto que vira poeira e se desfaz, e as maldades viram manchetes nos jornais, quando os semblantes são todas iguais, o tempo logo até demais, você ja pensou no que seu lado mal pode fazer?
E tudo o que você não nota, como nos pequenos animais que você mata, e o que reluz transforma homens em animais, nada se nota.
Mais de mil palavras voam soltas por aqui, e o vento empurra o tempo enquanto aprendemos a rir, desenhar estrelhas já não é o bastante pra lembrar, que alem desse horizonte escuro fica o nosso lar, onde o céu é mais azul, onde o sol volta a brilhar.
Já cansei desse lirismo barato da TV, o deja-vu é recorrente, roupas não me convencem, frazes prontas, refrões iguais, ninguem parece se importar, é tão dificil de aguenta esse padrão de quem não tem nada pra dizer, é tão mediocre de se ver.
Não a razão nem um porque, dessas mentiras enclausuradas, e melodias sendo roubadas, não é facil de entender, só eu pareço perceber...
Confusão, repetição banal, de tudo que se vê, falha de caracter, ou fome de poder? Os fins justificam meio, dados viciados nunca jogam pra perder.
Ilusão, é tudo igual e não a mais o que fazer...
Ilusão, no qual eu entrei, e lá dentro delá, eu encontrei você.


 agente não podia voar? (:

sábado, 12 de junho de 2010

15 de Outubro.

Pra falar a verdade, lembro exatamente, foram os 2 melhores dias da minha vida, tudo era tão perfeito, horas de prosa, nunca deixavamos acabar o assunto, tinhamos acabado de nos conhecer, o encanto foi tão grande, nos apaixonamos rapido demais, alias, tudo foi rapido demais, e talvez por ser "rapido" demais, que não teve nada, mas ainda eu guardo na memoria o primeiro "eu te amo", guardo na memoria o primeiro voto de amor verdadeiro.
E foi embora tão rapido quanto chegou, 2 dias pra ser mais exato, a historia durou mais, quase 10 meses, mais o amor mesmo, apenas 2 dias, mais é meio ironico isso não?
E eu pensava que eu sabia tudo sobre o amor...
Naquela tarde chuvosa de 15 de Outubro, eu descobri você, ou talvez você tenha me "escolhido", e agora, olhe nós, grandes "amigos", pra mim muito mais que isso, claro, nada que um dia ja foi, mas hoje em dia já não importa mais, a unica coisa que me importa, e ter você respirando, perto, ou longe de mim.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

um pouco do inimaginavel.

Eu já falei que tenho algo a dizer, mais como? Porque? e o mais importante, o que?
Me disseram que cada um vai colher o que plantou, que raiz sem alma não chega numa árvore, sei que nem tudo tá certo, mais com calma se ajeita, por um mundo melhor eu mantenho a minha fé, andam dizendo que o bem vence o mal, por aqui vou torcendo pra chegar no final, deixa pra lá, eu devo tá viajando, enquanto eu falo besteira nego vai se matando.
Realmente, preciso dizer o que eu penso dessa vida, você quer a paz? Eu quero tambem. O que VOCÊ tem em mente? Se é que tem algo em mente, fala, fala, mais no fundo não quer dizer nada, e no final a bala vai acabar atigindo agente, o que vale é o que você tem, e não o que você faz, e quanto a mim, dizem que eu não fiz minha parte, deixa pra lá, eu continuo viajando, enquanto eu falo besteira nego vai se matando denovo.
Já parou pra pensar no que você é para a sociedade? Você se importa com a sociedade? Você faz parte da sociedade? Agora imagina só, dois muleques sentados, "tramando" contra o mundo, e fumando um baseado, dai vem a mesma pergunta, falar de quê? Lutar contra quê? Imagine só o fim da repressão, você falar de maconha, e de liberdade de expressão, ou você quer ficar quieto e deixar o sistema falar por você? Dizer o que você vai ser, quando você vai ser, o que você tem que comprar, o que você tem que usar?
Isso não tá certo, não era pro mundo ser assim, mesmo com a democracia, parece que nada do que agente diz vale, tá na hora dessa merda (desculpem a expressão) mudar, mais deixa pra lá, enquanto dizem que eu falo besteira, nego vai se matando.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

you are the only exception

Eu já tentei fazer com que você voltasse, tambem já tentei sozinho encontrar a solução, que acabe com a dor que hoje toma conta do meu coração, ja tentei fazer com que você parasse, de brincar com os meus sentimentos, pra eu tentar te convencer que NADA foi em vão.
Preste atenção, em cada verso só pra ti eu vou cantar, cada palavra que sair da minha boca, vai ser pra te fazer sorrir, e mesmo assim não é o bastante pra você ver qual é o tamanho do meu amor?
Cada dia eu tento me expressar, de alguma forma que não soe como mais um blabla, mais eu não vejo resultado, so meu coração que ve a dor, não a nada que eu possa fazer, pra ter você pra mim, o que foi que eu fiz de tão ruim?
Onde está todo o amor que eu te dei?
Não há como viver sozinho, sem ninguem, todos os nossos momentos, foram poucos, mais cada momento junto de você foi marcante, inesquecivel, e você já não sabe o quanto eu quero te falar, você não imagina o que eu sinto por você, ou talvez imagine, mais não queira ver, por medo, medo de sofrer, ou talvez medo do que disseram sobre mim.
Mas você ja pensou se algum dia eu não acordar?
Você vai se arrepender por não ter me dado uma chance? Você vai conseguir viver sem mim?
E eu?
Vou viver sem ao menos tentar ser feliz com você?
Para dar errado, eu tenho que tentar, mais e seu tentar e dar errado, pelo menos eu tentei!? É o que todos dizem, mais não é simples assim, eu só queria um pouco de paz, ter você pelo menos um dia, um momento, para que fique para sempre na memoria, eu ja andei por todo lugar, exceto aonde você está, pois tudo ao meu redor agora que não existe mais "nós", ou será que nunca existiu?
Eu não sei mais como é você, então escolha, de que lado vai ficar, pois ao meu lado está sobrando um lugar, ele é seu, EU sou seu, então me diga onde é que você está? No meu passado você não pode mais ficar, o seu lugar é no meu presente, e no meu futuro, vamos viver a NOSSA vida, vamos viver o NOSSO sonho que ainda não foi realizado, deixar tudo de ruim para traz, não se importar com o que o mundo vai pensar.
O que AGENTE vai pensar, quando a luz se apagar? Eu quero um minuto de silêncio, será que é pedir demais? Eu só queria, mas eu não sei mais como é ... você.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Você.

Eu não sei, se você quer assim, eu ja me conformei com o fim, e ele é tão frio e escuro, não sei qual maneira eu fujo para tentar viver sem você, a morte não parece ser uma má compania, mais não venha me dizer, pra esquecer de você, parece que você ainda não entendeu a força do nosso sentimento, de que quando agente tá junto, tudo paralisa, os passaros param de voar, os peixes param de nadar, eu não preciso de nada, só de ter você respirando, mesmo longe de mim, isso ja basta para mim continuar vivendo, ou morrendo, que é o que mais parece, ja tentei encontrar você em outras pessoas, mais eu não vejo nada, eu tentei viver na mentira de viver sem você, mais toda mentira tem seu fim, e essa não foi diferente, denovo eu só vejo o seu rosto, eu só ouço a sua voz, em todas as pessoas, em todos os lugares, tudo que eu leio parece ser você, aonde eu vou parece ter você, como uma pessoa pode mexer tanto assim comigo? como uma pessoa pode me completar tanto? e como outras pessoas podem não enxergar isso? não podem simplesmente me deixar em paz, me deixar viver a MINHA vida, que sinceramente, não me vejo mais nela sem você, eu tenho muito pra falar pra ti, no seu ouvido, antes de você dormir, antes de eu morrer, eu preciso te dizer isso, um dia, quando eu vencer meu medo, quando eu vencer meu proprio eu, e provar pra mim, que você é a escolha certa, e sinceramente, se eu erra nessa escolha, vai ser a passagem só de ida pro meu fim.
Eu ja tentei me esconder em qualquer outra pessoa, pra me libertar, e poder viver, tentei preencher o vazio que você ocupa o meu peito, tentar colocar a peça que falta no meu coração, mais a unica que tem esses meus pedaços, é você, você ficou com uma parte de mim, e eu não posso mais viver sem ela.
Eu vejo as nossas fotos, as suas fotos, que estão espalhadas pelo meu computador, eu já nem me lembro de tantas vezes que eu tentei deletalas, mais sempre que chega no "deseja mesmo fazer isso?" eu perco, e caiem lagrimas, lagrimas de sangue, de um sangue que já não me canço de ver.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Noites De Abril

Voltamos a estaca zero então?
Como se o tempo nós dissesse não, e o vento leste leva os nossos sonhos, vamos clarear nossas idéias, vamos semear flores nos campos de marte? Distribuir simpatia, e acordar meio dia, provar que o mundo está todo errado, e que o acaso nós dá, destino nenhum vai tirar...
Vamos, sair na rua gritando, o fim tá quase chegando, e só nós resta morrer abraçados, mesmo que faltem 100 anos, pra uma ultima guerra, valendo o planeta Terra, e todos os pobres humanos, que não conhecem o amor, e se é tão dificil ver de onde estou, se é tão dificil ver recifes em corais, em meio a temporais, e no maior temor, apenas a verdadeira paz, as conjunçoes astrais nos pontos cardeais, e até vamos dar abraços em rivais...
Faça uma coisa que te imprecione, que você nunca pensou em fazer, qualquer coisa, qualquer ato, se ele for importante pra você, corra atras de alguem que te faz bem, fique tardes com ela.
As cadeiras na sala de estar, copos sujos em cima da mesa, as garrafas perto do sofá, num escandalo de sucitileza, quem vai ser o primeiro a falar, o que os olhos gritam com frieza?
O silêncio do que não se vê, mata um ao outro de ciumes, a mão trêmula liga a tv, disfarçando como de costume, pensamentos que ninguem que ter, e uma luz antes do fim do tunel, dá a nossa voz um tom blasé, nuvens e temporais, flores voam soltas pelos quintais...
Eram naquelas noites de Abril, quando tudo era tão lindo, que nada substituia aquele momento.
Essa chuva que derrapa e me distrai, dos pensamentos que me empurram para tras, as pessoas são todas iguais, as noites frias o tempo é logo até demais, e a lua que reluz transforma homens em animais (rimou, rs).
Hoje eu espalhei velhas fotos e algumas cartas pelo chão, eu já nem me lembrava de como o sol brilhava lá pelo verão, tentei guardar um pouco de você em mim, perdi meus passos em calçadas, dias de ilusões, mas nada que eu diga pode mudar, e nada que eu faça te faria voltar, e os mesês aumentam esse muro, entre nossos mundos e nos deixam mudos, sem saber o que dizer.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Tudo Passa

Vendo daqui, chove demais, os momentos desse filme podem ser finais, algum horror, nenhuma paz, já que seus olhos verdes só me olham sem amor, e na ponte sobre o nosso rio ainda tem algum rancor, dos fantasmas que passeiam em meia escuridão, do vestido da princesa e a mina de carvão...
Saia daqui, me deixe em paz. Os momentos decisivos podem ser cruéis, outro revez, um passo atrás, tudo outra vez, de novo a escolha errada.
Voltamos a estaca zero então?
Como se o tempo nós dissesse não, o vento leva os nossos sonhos, pelas brexas de nossas mãos, talvez seja melhor fingir, quando ninguem parece ouvir, o som das lagrimas que caiem, sobe a chuva do céu de abril, pode parecer que não tentamos o bastante, não é facil ir adiante, nem tão facil estar aqui, vamos correr, a vida é tão grande...
E levo nossos pés para um lugar distante, nós faz querer trocar tudo por um istante...
Palavras são só palavras no fim, viva o que eu vivi, ouça o que eu ouvi, sofra o que eu sofri, chore o que eu chorei.
"Tudo passa, não importa o que você faça, o que te fazia rir, hoje já não tem mais graça."
Não espere para viver seus sonhos, se você demorar pra viver, logo terá sua vida acabada, e sem nada pra contar aos seus netos, viva, seja a vida, entenda a vida, então você vai viver feliz.

domingo, 6 de junho de 2010

i'm fine without you.

Quando agente é moleque, acredita numas coisas, e acha que aquilo é a verdade e só aquilo que é a verdade abslouta. Tem muitas verdades no mundo, o mundo não é feito só das nossas verdades. Eu aprendi que são varios caminhos que levam pro mesmo fim.
Por mais que você tente mudar seu destino, por mais que você tente mudar sua historia, aonde você for, o que quer que voce escolha, seja lá o caminho que voce siga, no final todos os caminhos irão te levar para o mesmo lugar.
Não adianta você parar de sonhar, sonhe, o maximo que poder, porém, sonhe com os pés no chão, não viva num sonho, viva a sua vida, sejá lá como ela for, do que adianta pensarmos que somos grandes, quando na verdade somos pequenos, existe coisas na vida, que nunca vamos descobrir, mais edai? Só por isso vamos parar de viver?
Tenha sempre em mente o que você plajena para tua vida, claro, viva seu presente, mais tenha sempre na sua cabeça o que você deseja ser.
Nada é impossivel, tudo é conquistado com luta, força, e fé em Deus, então pare de pensar que você não consegue, cara, você é demais, Deus te criou, não tem como você não ser especial, então viva a sua vida, e não viva em vão.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

LEGALIZAÇÃO da MACONHA

Mesmo não tendo muita vocação para as letras,vou tentar organizar aqui as idéias sobre esse assunto tão polêmico,como exercício de relaxamento e musculação cerebral.
A maconha é provavelmente a droga,ou dádiva(como eu prefiro chamar),mais mitificada no mundo.O esforços para criminalizá-la foram e são tão intensos que dificilmente há um debate imparcial e esclarecedor sobre o tema.
Vamos organizar então...
Argumentos mais comuns de quem defende a criminalização:
1)”O usuário é quem financia o tráfico”.
Mentira.Quem financia o tráfico é quem financia a proibição.Mas quem financia a proibição?
a)Indústria armamentista;
Onde há guerra contra alguma droga ,há armas,e o Rio de Janeiro é um mercado extremamente lucrativo,por exemplo.
b)Indústrias têxteis;
A cannabis,mais especificamente a “ruderalis”,gera uma fibra de alto rendimento e durabilidade para a fabricação de têxteis,que pode concorrer com muita vantagem com o Algodão por exemplo.
c)Indústrias das drogas legais;
c1-Indústria farmacêutica:
Imagine que em uma pequena cidade,o único fabricante de remédio para enjôo recebe a notícia de que as pessoas estão plantando louro em seus quintais ,e a venda do seu produto cai à cada dia.Será que ele iria gostar?O mesmo precede com os remédios para dôr de cabeça,glaucoma,ansiedade,insônia,estimuladores de apetite(será que o Biotônico Fontoura paga algum para a vigilância sanitária?),etc...Mas essa lista é muita mais vasta pois as pesquisas de uso medicinal da cannabis são extremamente restritas.
c 2-Indústria do Álcool e tabaco:
É notório que a maconha apresenta níveis de dependência infinitamente menores do que essas duas drogas,além dos níveis de deterioração física(tanto pulmonar quanto hepática e cerebral).A concorrência é desleal.
d)Indústria religiosa;
A igreja católica por exemplo não gostaria de perder fiéis para o ratafarianismo ou para simples usuários de quem mantém uma relação xamanística com a maconha.
2)”A maconha deixa agressivo”;
Também tá errado.Quem fuma maconha tende à um comportamento mais calmo e contemplativo.Além disso trata a ansiedade,uma das principais causas dos comportamentos mais agitados e agressivos.
3)”Quem fuma maconha não pode dirigir”;
Não é verdade.Quem fuma tende à dirigir mais devagar e com mais prudência.A maioria avassaladora dos acidentes de trânsito por uso de drogas são causados pelo álcool.
4)”A maconha é a porta de entrada para as demais drogas”;
Não há estudos que comprovem essa verdade absoluta.Muitas pesquisas mostram que o álcool age muito mais como porta de entrada pelo simples fato de ser uma droga com efeito permitivo.Por exemplo,quem geralmente é tímido e bebe numa boate ,costuma se soltar e muitas vezes dançar mais que todo mundo da festa.
5)”Quem fuma maconha deprime e se isola do mundo”;
A maconha não deprime.Ela realmente tem um efeito realçador do estado de quem a usa.Portanto quem está deprimido e fuma,a probabilidade de intensificar esse sentimento é grande.Quanto ao afastamento também é um equívoco .A cannabis é uma droga extremamente socializadora e amigável.
6)”Se legalizar a maconha todo mundo vai fumar muito”;
Tabém não é verdade.Em Portugal o porte de drogas foi reduzido de crime federal para crime administrativo.Foi notória a redução do cunsumo não só da maconha,mas como de todas as drogas.
Além do mais,todo mundo já fuma muito.
7)”Quem fuma maconha não pode ter uma carreira esportiva”;
Michael Phelps e Giba,são os melhores do mundo em suas categorias,respectivamente nadador e ponteiro de vôlei de quadra e estão ai para provar que isso não é verdade.
8)"Maconha mata neorônio";
Não existem pesquisas que comprovem esse fato.Certas pesquisas mais recentes sugerem que na verdade a cannabis seria um multiplicador deles.O usuários abaixo dos 16 anos de idade podem sim apresentar sequelas mais permanentes pois os neorotransmissores estão em intensa transformação nesse período.

Tem muito mais,mas não lembro agora,esses são os mais comuns.Mas o fato é que a legalização da Maconha é mais que urgente.Essa mudança na lei nos trará vários benefícios como:
a)Fortalecimento da economia e geração de empregos.
b)Arrecadação impostos,que podem ser usados em políticas de prevenção e redução de danos.
c)Diminuição da violência e da corrupção.
d)Oportunidade do usuário de saber a procedência da planta.
e)Diminuição da hipocrisia e desmarginalização de toda uma classe.

Alguns vídeos elucidantes:
http://www.youtube.com/watch?v=J58YUol_PiA
http://www.youtube.com/watch?v=yXIwXz-pHWA&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=BzGpmZh5V94&feature=related (esse é um documentário maravilhoso,é pra ver estilo cinema,com pipoca e tudo!)

beijo pra geral e legalize já!


Danilo/Forfun.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

É uma dadiva estar vivo

Muitas pessoas reclamam do que tem, reclamam do que são, reclamam do que vão ser, cada uma dessas pessoas querem ser bem sucedidos na vida, ter 1 ou 2 filhos, uma esposa, uma casa, um bom trabalho, e viver nessa vida pra sempre.
Eu vejo a vida de uma forma tão diferente, não crio planos, apenas vivo meu presente, sem me preucupar com futuro, ou passado, vivo a vida que Deus me deu pra viver, pois a vida tem infinitas possibilidades.
Felicidade é uma coisa relativa, cada um sente de um jeito, certas pessoas enxergam felicidade em dinheiro, outras no amor, eu vejo felicidade em tudo que a vida me ofereçe, em simples gotas de orvalho, rios, lagos, os mais humildes animais, tardes sem fazer nada, conversando com os amigos, talvez acendo um, talvez vou a praia olhar o pôr-do-sol, vejo a felicidade nas coisas mais simples da vida.
Mais o que é "sentir felicidade"? Eu penso que é estar com quem voce quer, em qualquer lugar, e quando eu estou com você, eu esqueço de mim, e me encontro em você, podiamos ficar horas sem dizer uma simples palavra, só olhando um para o outro, observando os nossos olhos se olharem, sentindo nossos lábios tocarem, sentindo nossas mãos ficarem quentes, na perfeição deste momento, tudo isso poderia durar pra sempre, mais são poucos os instantes de felicidade, ou eu ainda não aprendi o que é ser feliz, vou tendo uma lição nova a cada dia, quero tanto tentar descobrir como te fazer feliz.
Agora eu descobri que não se trata da minha vida, se trata da nossa vida, da nossa jornada, agora, tudo o que eu quero é viver nossa vida, em paz, e que esse "pra sempre" dure o maximo de tempo possivel.
Alem disso, existem outras pessoas que me fazem felizes, como amigos, pessoas que eu considero mais que isso, digamos que elas façam parte da minha familia, amigos de nobres corações, que vão seguindo meus passos.
E é claro, a mim mesmo, observando-me descobri a não julgar ninguem, e com isso ser mais feliz, preencho meu peito com luz, alimento o corpo e a alma! ♫

terça-feira, 1 de junho de 2010

As Vezes O Que Eu Quero É Desistir

Todos me perguntam, você está bem? logo respondo "sim", mais o que é estar bem? sinceramente faz um pouco de tempo que eu não lembro o que é isso, minha vida está passando por um momento muito grande de infelicidade em alguns sentidos, ou talvez eu não estou sabendo interpreta-lá, luzes e cores refletiam no teu olhar, hoje em dia só vejo tons cinzentos nele, nada era como antes, tentei percorrer milhas e milhas, talvez eu não saiba aonde encontrar, talvez eu te encontre por ai, mais as vezes o que eu realmente quero é desistir de tudo isso, deixar minha mascara, admitir que eu sou um fraco e não aguento mais pressão toda, talvez eu deixe voce decidir, talvez eu me perca por aqui, as vezes eu quero tudo o que eu sonhei.

Milhas e milha eu fui percorrer, por milhas eu não soube por onde ir, as vezes eu não espero me encontrar, o meu realmente eu, parece que tudo não passa de um grande pesadelo no qual eu nunca vou acordar, como duas coisas tão diferentes podem acontecer numa mesma noite? numa mesma pessoa? numa mesma força? coisas que me deixam mal, e coisas que me deixam mal, tenha cuidado, veja aonde vai pisar, olhe para tua frente, saiba caminhar... o dia ainda não nasceu, eu vejo tudo a minha volta, eu vejo aqui o teu olhar, eu vejo tudo diferente, aonde voce possa estar.

E o que me faz feliz?
Viver com ou sem você?
Essa parece ser o grande mistério da minha vida, decido deixar tudo de lado de viver com você, e realizar nossos muitos sonhos que ainda não aconteceram, voltar a deitar no teu colo e não pensar em simplesmente nada, ou em viver sem você, e continuar a não entender a minha razão? aonde voce quer chegar? aonde eu queria estar?, milhares de perguntas, milhares de respostas, mais como encaixa-las? como decifrar esse mistério que me mata cada dia mais, pouco a pouco, segundo a segundo, vou vivendo na espera de ter você, ou simplesmente porque eu não sei viver sem você.


"Eu me perdi por querer viver, as vezes eu acho que eu não sou daqui, não tente me entender, não pense que eu não fui tão bom assim, pra você ninguem enxerga através de mim, e eu desço a rua pra ver se o mundo é igual ao meu, e se o meu nome ainda está ao lado do teu. E eu não sorri, e nem me deixei chorar, mais não pense que eu não sofri, por viver sem tentar, e quando eu penso em tudo que eu perdi, por não dizer o que eu queria, eu desço a rua olhando pro lado pra ver [...] tente entender, que ainda vivo tão sozinho, e te ver assim me faz esquecer, tudo o que eu não quero mais, então eu vou, sozinho a caminhar, e sem destino eu vou, tentando te encontrar, pra te dizer que eu, preciso me achar, pra viver, sem me perder..." [mundo/esteban]



eu ainda não aprendi a viver.

O Que Eu Vejo...

Quem eu vejo? é um rosto conhecido, mais que eu já não tinha costume de ver, lembro apenas de momentos, da gente sentado no gramado do seu prédio, e que bons tempos eram aqueles, minha camisa jogada no seu sofá, nós deitados no tapete, nele uma marca dos nossos pés, imagens geométricas, e estantes de livros faziam parte daquele lindo senario, nossas conversas, e nas risadas de quando não sabiamos o que falar, o teu beijo sentilava o meu coração, parecia que naquele momento eu estava em paz, que nada de ruim iria acontecer, que eu iria ser feliz pra sempre.

Pra sempre? nada é pra sempre, e eu vi isso da pior maneira possivel, tudo acabou por nem mais nem menos, tudo parecia estar perfeito, quando em um segundo, tudo se acabou, as paredes perderam a cor, e nem mesmo aquelas imagens de nós juntos parecia tentar me confortar um pouco mais, tudo foi ficando sem cor, sem gosto, sem vida, de pensar só que eu nunca mais vou conseguir viver feliz novamente, de ver que tudo acabou.

Mais novamente eu vejo seu rosto na minha vida, alguma luz branca parecia estar cobrindo a tua fa
ce colocando há então em destaque ao lado da minha porta, e essa face foi se aproximando da minha, e então eu voltei a sentir tudo o que eu sentia antes, mais agora com um sabor mais gostoso, com um sabor de que é pra sempre, que eu nunca mais vou ter que passar por isso denovo.